Atividades pedagógicas para pais e filhos 

A equipe pedagógica da Escola Bosque das Letras continua trabalhando remotamente e envia diariamente sugestões de atividades da rotina escolar das crianças com propostas de brincadeiras, músicas, histórias cantadas, atividades artísticas e de movimento corporal, yoga, inglês, entre outros; além de criar soluções para a construção do conhecimento, utilizando a inovação tecnológica, sem deixar de lado a qualidade das informações, o cuidado e atenção com cada família.

Veja as atividades que selecionamos de acordo com a faixa etária:

Berçário 

Exploração sensorial seca e úmida

Materiais:

  • Farinha de sua preferência (trigo, mandioca, fubá, amido de milho e etc.).
  • Bacia ou tigela.
  • Água.

Como brincar: Disponha a bacia com a farinha à frente da criança e deixa explorar livremente. A proposta dessa atividade é que a criança sinta a sensação da farinha seca no início e depois a farinha úmida, estimulando o tato, olfato, visão, proporcionando diversas sensações.

* Lembrando que nessa fase do desenvolvimento, a criança percebe o mundo pelos sentidos, por isso é tão importante a exploração sensorial.

“No início mãos são tudo para a criança. As mãos são a pessoa, o mundo. No relacionamento, o adulto faz tudo ‘com’ o bebê e não faz nada ‘para’ o bebê.” (Emmi Pikler).

Grupo 1 (1 ano) 

Colagem com macarrão cru  

Materiais:

  • Macarrão cru
  • Folha de jornal ou revista
  • Cola branca

Como Brincar: Em um ambiente da casa (interno ou externo), prepare os materiais à disposição da criança, para que ela possa explorar e escolher como será a colagem. É importante supervisionar e auxiliá-los com a cola para não levarem à boca.

Grupo 2 (2 anos)

Vamos fazer massinha caseira?

Materiais:

  • 2 copos de farinha de trigo
  • 1/2 copo de sal
  • 1 copo de água
  • 1 colher de chá de óleo
  • Corante natural (se desejar), como urucum, açafrão, coloral, etc.  

Como brincar: Deixe que a criança explore a massinha e crie livremente! Caso queiram, nos enviem fotos da produção da família!

Circuito motor divertido:

Materiais:

  • Fita crepe  ou similar

Como brincar: 

Colar a fita de uma parede a outra em várias direções, formando uma cama de gato. A ideia é atravessar sem encostarem em nenhuma fita! Vale passar por cima, por baixo, se arrastando. Quem consegue?

Grupo 3 (3 anos)

O que tem nesse jardim! 

Como brincar:

Ver o vídeo ‘Microcosmos’ no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=_h4yQGPXlOE

Como brincar:

Refletir sobre as seguintes perguntas:

  • Será que em sua casa tem algum bicho que vocês viram no vídeo?
  • Qual o nome dele?
  • Será que em algum livro ou revista você encontrou algum bicho de jardim no vídeo?

 

Brincando com a matemática – No contexto social

Como brincar: Primeiro contar quantas pessoas moram na sua casa. Contar e registrar em folha sulfite. O registro pode ser da forma que quiser: fotos, desenhos, círculos…

Roda de Histórias (em áudio): https://www.historiasinfantis.com.br/

Como brincar: Escutar e conversar sobre a história escolhida.

Grupo 4 (4 anos)

Atividade Calendário

Como brincar: Peça para alguém da sua família te ajudar a encontrar a data de hoje no calendário e marque com um x. Procure também o dia da semana. 

Autorretrato

Como brincar: Vocês se lembram o que é um autorretrato? Façam um em frente a um espelho que tiverem em casa e reproduza através de um desenho no papel. Aproveitem para prestar atenção em todos os detalhes, como boca, nariz, olhos, orelhas, cabelo, etc.

Grupo 5 (5 anos)

Prendedores de números 

Materiais:

  • Cartão, cartolina ou outro material similar
  • Tesoura para cortar no formato desejado
  • Canetinha 
  • Prendedores

Como brincar: Escreva os numerais de 1 a 10 em cartões (um numeral por cartão).  Distribua prendedores e os cartões enumerados às crianças e peçam para prenderem o numero de prendedores correspondente ao numeral escrito em cada cartão.       

Leitura de Poema   

Leitura do poema “ Ou isto ou aquilo”, de Cecilia Meireles       

Como brincar: Conversar com a criança sobre o que ela entendeu do poema, o que ela achou, se ela gostou e outras curiosidades que possam surgir.

 

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *