Conheça os principais fatores para ajudar na sua decisão

*Este conteúdo foi originalmente publicado na Revista Tudo (edição 120, dezembro de 2020).

A escolha da escola é determinante para a formação, desenvolvimento e o futuro das crianças. Principalmente, quando essa decisão acontece pela primeira vez, seja para o Berçário ou Educação Infantil, na fase da ‘primeira infância’ (0 a 6 anos), período em que a base alimentar é estabelecida e que as experiências, descobertas e afeto vivenciados valem para toda vida.

“Ter a segurança de uma escola que ofereça os cuidados com amor e oportunidades de explorações o que gerem aprendizagens afetivas, cognitivas e sociais, com estrutura adequada para cada faixa etária é o melhor caminho para que a criança desenvolva todo seu potencial,” explica Juliana S. Conte, Pedagoga, Psicóloga e Diretora da Escola Bosque das Letras.

Cinco fatores são determinantes para escolher a escola: confiança; localização; preço; proposta pedagógica; e infraestrutura, de acordo com a pesquisa feita pela FENAEP (Federação Nacional das Escolas Particulares):

“O início da vida escolar é um importante passo na vida das crianças e significa novas experiências, a ampliação de repertórios, o autoconhecimento, o início da construção da identidade e autonomia, e desenvolvimento de tantas outras habilidades”, acrescenta Juliana, que atua com a missão de promover o desenvolvimento humano, valorizando o pensar reflexivo e criativo.

 

“Buscamos a segurança para nosso bebê (6 meses), uma proposta pedagógica e saber que ele terá um espaço adequado para explorar, brincar e desenvolver, além de uma escola que seja próxima de casa,” contam Márcio e Michele Orne, os pais do Henrique.

“Desde que nosso filho entrou no Berçário aos 4 meses, consideramos primeiramente nessa escolha a proposta pedagógica, o que ele vai aprender e desenvolver e a estrutura escolar”, diz Liliany Samarão, publicitária e mãe do Cadu.

“O mais importante é o acolhimento, a visão dos educadores no tratamento da criança e saber que minha filha estará bem assistida e protegida”, completa Vania, mãe de uma filha com 1 ano e 7 meses.

Enfim, a escola deve ser a extensão da família para as crianças, portanto, é importante buscar uma escola que esteja alinhada com seus valores familiares.

 

5 dicas para escolher a escola dos filhos

  • Faça uma lista das escolas da sua região e vá conhecer;
  • Entenda a proposta pedagógica e as atividades realizadas;
  • Conheça os espaços e ambientes que seu filho ou filha irá frequentar;
  • Observem a forma de interação dos profissionais com as crianças.
  • Peça o contato de outros pais para saber as opiniões. 

 

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *